Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Quem Quer Bolo?

Experiências na Cozinha e Não Só ;)

Quem Quer Bolo?

Experiências na Cozinha e Não Só ;)

Vítimas da Traição, de Jean Sasson

image.jpeg

Já li muitos livros sobre mulheres que sofreram abusos e que contam a sua história para que mais histórias como a sua não aconteçam. Não conhecia esta autora nem sabia da quantidade de livros que tem sobre a vida das princesas árabes. Gosto sempre de ficar com mais conhecimento sobre o que se passa fora da minha área de conforto e para me relembrar que nem todos têm uma vida "fácil", em especial quem nasce do sexo feminino. É incrível como o que para nós são coisas banais do dia-a-dia, em muitos países ainda é uma luta. Neste livro a Princesa Sultana fala um pouco sobre a sua vida e sobre a sua luta pelos direitos das mulheres na Arábia Saudita. É uma luta constante em que quando se atinge uma vitória, logo se segue uma derrota. Seja porque não se conseguiu ajudar, seja porque a pessoa não se deixou ajudar. As histórias de terror que conta sobre algumas mulheres/crianças são de partir o coração. Até que ponto pode o Homem ser violento e maldoso... É sempre uma alegria e uma vitória imensa, os casos de mulheres com um começo de vida bastante difícil que conseguem dar a volta e se tornam mulheres de sucesso e vingam num meio que é governado apenas pelos homens. "Ana Amal - Sou Amal"

Imagem Retirada de: https://www.leyaonline.com/fotos/produtos/500_9789892330396_vitimas_da_traicao.jpg

Cheesecake de Raffaello

image.jpeg

E no último dia do primeiro mês do ano, o cunhado faz anos!! Muitos Parabéns!! Ele é um guloso por estes bombons que só estão à venda nesta altura do ano. Então pensei que nada melhor do que fazer-lhe esta sobremesa como bolo de aniversário. A receita é do Blog La Dolce Rita e é assim mesmo deliciosa. Não fica exageradamente doce, mas sim no ponto certo de doçura. E desfaz-se na boca de uma maneira inexplicável. Façam, provem e digam de vossa justiça. Ora bem começa-se por fazer a base de bolacha que leva manteiga derretida, bolacha desfeita e amêndoas laminadas e tostadas. Envolve-se tudo muito bem e coloca-se no fundo da forma bem direitinho e frigorífico. Demolham-se as folhas de gelatina, derrete-se o chocolate branco com o leite (eu fiz em banho-maria), batem-se as natas bem firmes. Feitos estes passos vai-se bater muito bem o queijo creme e começa-se a juntar os restantes ingredientes: açúcar em pó, extrato de baunilha, côco ralado e o chocolate branco derretido. Bate-se tudo bem para misturar e envolvem-se as natas. De seguida espremem-se bem as folhas de gelatina e vão uns segundos ao microondas para derreterem e juntam-se umas colheradas da mistura anterior para que não haja um choque térmico. Quando estiverem bem envolvidas, juntam-se à mistura e envolve-se bem. Coloca-se por cima da base de bolacha e vai novamente para o frigorífico. Passadas algumas horas, faz-se uma ganache de chocolate branco, que é só derreter o chocolate branco com natas, e quando estiver assim mais para o frio derrama-se por cima e mais umas horas no frigorífico. Com tanto chocolate branco parece que vai ficar muito doce, mas fica mesmo no ponto. Pena que não sobrou nada para confirmar novamente se estava mesmo bom 😋

Broas Castelares

B74E7E24-DBFC-4CF8-B063-A9F730EE010F.jpeg

E cá estão a minhas queridas Broas Castelares. Sou grande fã de broas e todos os anos comprava para ter em casa. Acontece que este ano com a aquisição da Bimby, vi várias receitas de broas e decidi experimentar e fazer em casa. Só vos digo que me senti enganada estes anos todos!! Em comparação com estas que fiz em casa, as de compra são uma desilusão, pelo menos na minha opinião e na da malta lá de casa. Demora algum tempo a fazer, mas eu acho que vale todo o tempo e passos que se têm de fazer. Esta receita retirei do livro Doces de Natal da Cookidoo. Vou tentar explicar como se faz sem usar a Bimby. Ralam casca de laranja e de limão e juntam a farinha de amêndoa. Cozem a batata doce. Quando esta estiver cozida passam-na a puré e voltam a colocar ao lume com metade do açúcar até este derreter completamente. Retiram do lume e adicionam o resto do açúcar, a farinha de amêndoa com as raspas dos citrinos, o mel, a farinha sem fermento, a farinha de milho e os ovos e mexem tudo muito bem. Agora é dar forma às broas. Eu utilizei aquela técnica das colheres utilizada para, por exemplo, os patéis de bacalhau. Depois é pincelá-las com gema de ovo e forno. Eu já nem espero que arrefeçam. Começo logo a provar para ver se estão boas 😝 E cá está mais uma coisa que já não me apanham a comprar!! O que se quer são coisas boas e saborosas, com poucos corantes e conservantes!!

Um Amor na Cornualha, de Liz Fenwick

image.jpeg

Eu não sou muito de livros nhó nhós e muito romance e muito amor e muitas tragédias. Este livro é impecável na medida que não tem nada disso. Ou melhor, tem mas nada de exagerado. A Judith fugiu do seu casamento e foi-se refugiar junto da madrinha em Londres, mas esta arranja-lhe um trabalho na bela Cornualha e é aqui que tudo vai acontecer. Ela vai trabalhar para um escritor que adora, Petroc, numa quinta maravilhosa, Pengarroc, com uma paisagem hiptonizante e um mistério que envolve um tesouro muito valioso. Até que aparece Tristan, o filho de Petroc, que está decidido a se desfazer de Pengarroc, mas Judith vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para que isso não aconteça. E no meio de tudo isto o noivo abandonado no altar vai voltar para conquistar a sua noiva. É um livro muito leve com uma história muito gira e com um final feliz. Só boas razões para o ler 😊

Imagem Retirada de:https://www.leyaonline.com/fotos/produtos/500_9789897261305_um_amor_na_cornualha.jpg

Ainda em 2017...

Deu-se (para mim) uma tragédia!! Deixei cair o meu Kobo e o ecrã foi à vida 😭 Eu nem queria acreditar no que tinha acontecido!! De início ainda ligava, apesar de ter uma espécie de moldura à volta, até que uns dias depois deixou simplesmente de dar. O ecrã ficou bloqueado e não passou dali. Ele está impecável e a funcionar, simplesmente não há ecrã, o que tendo em conta que é para ler convinha que tivesse o ecrã a trabalhar. E a saga para arranjá-lo?? Já liguei para várias casas que arranjam telemóveis e tabletes, mas alguns nem sabem o que é 😡 e outros dizem que não arranjam e que o arranjo ficaria ao preço de um novo.... Acontece que um novo neste momento está completamente fora do orçamento, porque ainda faz algum estrago. Então no que é pensámos?? No meu Querido arranjá-lo 😄 Ele tem muito jeito para tecnologias. E até correu bem a parte de o desmanchar (o ecrã tava assim mesmo po acabado, ganda mocada que ele deu), mas e agora comprar o ecrã?? Já visitamos uns quantos sites, mas além do preço ser um pouco alto (menos do que novo) é o receio que não chegue inteiro e que não seja o indicado. É que já vimos alguns comentários de pessoas em que a coisa não correu lá muito bem. Entretanto imaginem o meu stress, sem Kobo, sem leitura e irritada comigo por o ter deixado cair!! Solução?? Ler no telemóvel.... Foi muito horrível, mas não havia mais nada. Culpa de a pessoa se habituar às novas tecnologias e já não andar com livros atrás nem ter o livro que estava a ler em formato livro. Solução presente?? Um iPad Mini dos primeiros, usado a preço da chuva (negócios do Querido). Leio na aplicação do Kobo, mas não é o mesmo e há coisas que para mim são importantes e que não consigo fazer na aplicação, mas há falta dele é o que há. Lê-se bem, tem um tamanho simpático e vai comigo para todo o lado. Entretanto o Kobo lá está desmanchado, a olhar para mim e eu ainda a pensar no que vou fazer com ele. Aceito sugestões.

E Em Menos de Nada Chegámos a Meio de Janeiro!!

image.jpeg

O tempo passa a voar!! Bom Ano para Todos!! Tenho andado muito atarefada e muito preguiçosa, pelo que não tenho feito nada de doces.... Que vergonha para mim. Até mesmo para a passagem de ano fiz muito pouca coisa. Foram os Coscorões e Azevias de batata doce e gila, Pannacotta de Champanhe e uma Tarte de Chocolate Branco

image.jpeg

.

Este ano a massa para os coscorões e para as azevias, foi cedida por uma colega de trabalho da minha mãe. Muito fácil de fazer e muito saborosa. É ferver banha, aguardente e um pouco de água e depois juntar à farinha. Amassar bem e estender. Deu massa que nunca mais acabava. Mas o sabor é uma coisa sem igual de tão bom. Os recheios para as azevias foram obra da minha mãe. Doce de gila que ela já tinha feito e para as de batata doce foi cozer a batata e juntar chocolate em pó. Estavam assim mega boas. A Pannacotta de Champanhe é uma receita do Blog da<La Dolce Rita/p>

. Ficou super saborosa, mas alguma coisa correu mal, porque parece que se separou. Não sei explicar, mas talvez tenha sido a gelatina. Porque estava tudo bem na parte de cima, mas em baixo estava uma camada de qualquer coisa com cor diferente e textura. Daí eu achar que deve ter sido a gelatina. É bastante fácil de fazer. Hidratar as folhas de gelatina, levar ao lume as natas e o açúcar e quando começar a ferver retirar e juntar as folhas de gelatina bem espremidas, o extrato de baunilha, a raspa de limão e o champanhe. Mexer bem, tapar e deixar repousar 10 minutos. Depois passar por um passador e colocar na ou nas formas. Levar ao frigorífico e pronto. Não consegui tirar foto à Tarte de chocolate branco. Começaram logo ao ataque e em menos de nada desapareceu. Para esta fazem uma base de bolacha e manteiga, colocam na tarteira, forram com papel vegetal e colocam qualquer coisa que faça peso (eu pus grãos) e vai ao forno. Deixam arrefecer completamente e depois começam o recheio. Colocam as folhas de gelatina a hidratar em água bem fria, batem as natas bem firmes, derretem o chocolate branco com umas gotas de essência de baunilha em lume brando e quando estiver tudo bem derretido juntam as folhas de gelatina bem espremidas. De seguida é envolver com as natas, colocar na tarteira e frigorífico. Eu acompanho sempre esta tarte com um molho de chocolate 😋 Já me estou a babar. E assim foram as sobremesas da passagem de ano e ano novo. Lá ver se volto a entrar na rotina.

A Madeira é Linda!!

 32E8798A-F50E-4065-A3BB-F1153B72DDE6.jpeg

Realmente não há nada aqui que se possa comparar à Madeira!! Aquelas montanhas, aquelas subidas e descidas super inclinadas, todo aquele verde e todas aquelas quedas de água que encontramos ao longo da estrada são lindas!!

IMG_0533.JPG

E as vistas com que ficamos daquelas alturas todas!! E todos aqueles miradouros fantásticos!! No Miradouro do Cabo Girão, confesso que fiquei com aquela impressão de estar a pisar o vidro, mas a vista é maravilhosa!! Só se vê o mar e o infinito. Dá uma sensação incrivel!! E as praias de pedras escuras?? E o cantar das pedras na água?? Por mim tinha ficado lá tempos e tempos a escutar!!

IMG_0530.JPG

Acho que de todos os sítios que visitamos, aquele que gostei mais foi Santana. Achei tudo ali bonito e pacato. E as casinhas?? Posso ter uma para mim?? Adorei!!

IMG_0531.JPG

Claro está que não podíamos deixar de vistar o Mercado dos Lavradores. Fiquei encantada na quantidade de malaguetas que estavam a secar!! E a fruta?? Tanta fruta diferente e saborosa. E estavam sempre a convidar-nos a provar.

Há muitas Igrejas na ilha e cada uma é mais linda do que a outra. Umas mais modernas, outras mais restauradas, outras mais antigas, mas todas muito bonitas e cheias de histórias. E estavam sempre todas abertas. Apesar de não ter aqui nenhuma imagem, em todos sítios haviam presépios. Uns maiores, outros mais pequenos, mas estavam sempre presentes. E todos eles também muito bonitos e bem decorados e com música. Incríveis mesmo.

Fomos também ao Cristo Rei da Madeira. Bem mais pequeno que o nosso, mas belo na mesma. Está numa zona bem bonita, perto de um teleférico que faz assim uma descida assustadora. E mais uma vez num miradouro com uma vista incrível sob o mar e montanhas.

Vimos uma praia com areia da nossa!! E não é que estavam pessoas na água?? Não é que estivesse frio, mas não apetecia despir a roupinha e ficar de bikini.... Lá dentro até podia estar agradável, mas não estava sol suficiente para ficar ali a secar.

E bananeiras?? Nunca tinha visto tantas bananeiras juntas!! Eram mais que as casas!! De certeza que muita boa gente não precisa de ir à rua apanhar bananas. Abrem a janela ou a porta, esticam o braço e sacam das bananas. E são tão saborosas.... Pequeninas, carnudas e muito boas mesmo. Claro que já tinha comido banana da Madeira cá, mas não é a mesma coisa.

E Ponchas?? Nem dava tempo de tirar foto, era chegar, pedir, beber e siga. A de maracujá é a minha preferida. Para mim quase nem sabe a álcool. E caía sempre bem. Agora marchava já uma 😋

IMG_0534.JPG

Claro está que vimos as estátuas do Cristiano Ronaldo. Aquele busto logo à saída do aeroporto da Madeira, como direi... Parece pior vendo pelas fotos, mas lá pertinho nota-se que houve alguma coisa que não correu especialmente bem. E a junto ao museu?? Ficamos um bocado a olhar e a dizer que não era ele, mas tinha que ser porque estava lá o nome dele e data de nascimento, mas tambem não ficou muito bem. O que se passou com estes escultores?? Serão as feições de Cristiano Ronaldo assim tão difíceis de esculpir ou seria este o objetivo??

Achei a cidade do Funchal um pouco pulente. Todos aqueles autocarros e carros e motas e navios, tornam a cidade muito poluída. E toda aquela avenida, boa para passear fica contaminada com toda aquela poluição. Mas o inteiror da cidade é lindo e todo enfeitado para o Natal, cheio de cores, fazem esquecer aquela parte menos boa.

No geral foi uma viagem muito bem passada, muito divertida e das quais ficam muitas recordações e imagens que não vou esquecer.

 

 

 

IMG_0529.JPG

 

Cá em Casa Foi Assim

IMG_0595.JPG

Esta maltinha toda foi por minha conta!! E foi bastante cansativo porque mal cheguei da Madeira fui logo trabalhar e não houve um dia em que tivesse saído a horas e por isso era noite dentro.

Tivemos Bolo Rainha (da Bimby), Tronco de Natal (foi igual ao do ano passado e não consigo me lembrar de onde retirei a receita), Tarte de Natas (finalmente correu bem!!), Broas Castelares (da Bimby) e Carrasquinhas (não conheço outro nome e a receita é da mãe).

Realmente não há como o caseiro. O Bolo Rainha estava delicioso!! Nada doce e super fofo!! Esta receita foi retirada da Coleção Sobremesas de Natal. E vai-se seguindo os passos, deixa-se levadar no copo e depois é adicionar os frutos secos, dar a forma à massa, pincelar com gema de ovo, levadar mais um pouco, forno e comer 😁

O Tronco de Natal não correu especialmente bem, porque a esperta pôs numa forma mais pequena e quando foi enrolar partiu-se, daí estar assim meio meio. É feito com um pão de ló simples, um doce de ovos, uma ganache de chocolate e derreter chocoate em banho maria, espalhar em paple vegetal, enrolar no rolo da massa e levar ao frigorífico. Apesar de tosco estava delicioso!!

Estou tão orgulhosa de mim, porque consegui fazer uma Tarte de Natas que não ficou cheia de bocadinhos de gelatina!! Acho que descobri o segredo: hidratar bem a gelatina com água fria, bater as natas bem firmes, derreter a gelatina no microondas durante 15 segundos, retirar umas colheradas das natas batidas e mexer bem na gelatina até ficar bem uniforme. Depois vai-se batendo as natas e adicionando a mistura de natas e gelatina. De seguida o leite condensado e continuar a envolver. Eu acho que foi isso, porque ficaram boas!! Fiquei tão feeeliiiiiiiiz!!

As Broas Castelares, para mim foram uma revelação de tão boas que ficaram!! Andei anos a fio a gostar de broas de compra, quando no fim não valem nada em compração a estas (vou fazer um post dedicado a estas broas).

As Carrasquinhas quase de certeza que têm outro nome, mas não sei qual. Esta receita a minha mãe sabe de cor. Basicamente é bater as claras em castelo bem firmes, ir adicionado o açúcar e quando estiver tudo bem envolvido juntar a amêndoa sem pele e laminada e envolver. Depois coloca-se em forminhas de papel e forno. Este doce é super guloso.

E assim foram os doces de Natal, com muita comidinha à mistura. Ainda tou cheia...

E agora começa a saga dos restos!!

Bora Almoçar!! 😉

Feliz Natal!!

Ainda vim a tempo!! Feliz Natal para todos!! Espero que tenha sido tão bom como o meu. Com muita comida muita alegria e boa companhia!! Que seja sempre assim!! E amanhã quem é que quer ir trabalhar?? Eu não, até me dá uma coisinha má só de pensar... De manhã é que vão ser elas!! Feliz Natal 🎄🎁

Primeira Experiência de Avião

F0850EC3-C20C-4D1E-B5D3-1BB2BE81E7AB.jpeg

Acordei ontem às 7h para a minha aula de yoga às 7:30 e seguir com o dia de trabalho. São 5:45 do dia seguinte e cá estamos no Aeroporto de Lisboa para irmos numas mini férias até à Madeira. Além de ser a primeira vez que vou à Madeira é a primeira vez que ando de avião!! Que meeedoooo!! Mais uma hora e dez minutos e faz 24 horas que não dormo... Começo a sentir o cansaço a bater. Será que dormo ou aproveito a viagem até lá?? Veremos... Boa viagem pa nós 😊✈️

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Goodreads

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D